28 de Novembro de 2014

 
in diário digital de Castelo Branco.
 

cedência de material

No próximo Domingo, dia 30 de Novembro, terá lugar no Cine-Tetro Avenida o espectáculo «O Melhor da Broadway» com um corpo de 82 bailarinos. As coreografias estão a cargo da Professora Sofia Lourenço e o grupo conta com cerca de dez anos de existência. 

Dada a expansão deste movimento e de toda a logística requisitada, houve a necessidade de se criar a associação «Art’Acontece, Associação Artística e Cultural da Beira Interior» para suporte e promoção do grupo Master que está a fazer a primeira digressão nacional com o espectáculo «A Inspiração do fado». Este último terá a oportunidade de se estrear a nível internacional no próximo ano de 2015, nomeadamente no Brasil.

Desta forma, a Ajidanha cedeu a sua máquina de fumos para este espectáculos, consolidando uma parceria importante para o desenvolvimento artístico e cultural da Beira Interior.



27 de Novembro de 2014

 

substituição de paletes

Para a cenografia da peça "À deriva", foi necessário substituir duas das quatro paletes que são utilizadas na cenografia daquele espectáculo. 

As duas novas paletes, foram gentilmente cedidas pelo Intermarché de Idanha-a-Nova.


26 de Novembro de 2014

 

XIV Encontro da FATEX

Nos próximos dias 28, 29 e 30 de novembro de 2014, a ajidanha estará mais uma vez presente no Encontro da Fatex - federación de Asociaciones de Teatro de Extremadura. Este ano, o local deste encontro será em Hornachos.



23 de Novembro de 2014

 

"À Deriva", em Jaraíz de la Vera

A ajidanha apresentou o espectáculo de teatro "À deriva", em Jaraíz de la Vera, (Espanha) no dia 23 de Novembro de 2014, no cine avenida pelas 20 horas locais, a convite do Ayuntamiento de Jaraíz de la Vera. 

A ajidanha pôde ainda disfrutar da companhia dos amigos do grupo de teatro Jubileo, de Collado, que foram de uma hospitalidade ímpar.


21 de Novembro de 2014

 

Diário dos Infiéis

A ASTA apresentou no dia 21 de novembro de 2014, pelas 21h30m, no estúdio teatro ajidanha, o espectáculo de teatro "Diário dos infiéis", de João Morgado.

 

Biblioteca ajidanha

Na sequência do espectáculo da ASTA, no dia 21 de novembro de 2014, a ajidanha adquiriu mais um livro para a sua biblioteca: "Diário dos infiéis" de João Morgado.

20 de Novembro de 2014

 

TóLôNJS, em Póvoa de Santa Iria

No próximo dia 01 de fevereiro, domingo, pelas 16 horas, a ajidanha apresenta o espectáculo “TóLôNJS”, uma peça de teatro sobre Toulões, com gentes dos Toulões, no salão do Grémio Dramático Povoense, em Póvoa de Santa Iria.

Sinopse

Tólônjs, rebusca histórias, tradições e vivências da aldeia beirã dos Toulões.
A dramaturgia deste espectáculo, é construída mediante o contributo do elenco do espectáculo, constituído por Toulonenses, contributos esses, que nos transportam para a vivência de algumas das histórias desta típica aldeia beirã… as caganitas da velha Ginja, no correio da Zebreira vem uma missiva do Vaticano para o Ti João Castelhano, o sempre divertido Ti Nico na Tasca da Ti Magra, os lobos que circundam a aldeia e após muito procurar, encontramos finalmente o Ti Salgueiro.
Estas são algumas das dádivas que este espectáculo tem para oferecer.

Ficha Técnica

Dramaturgia Rui Pinheiro
Encenação Bruno Esteves e Rui Pinheiro.
Desenho de luz Bruno Esteves
Cenografia Rui Pinheiro
Apoio à cenografia Ana Rocha
Selecção musical Rui Pinheiro
Interpretação Elvira Moreira, Maria Hermínia Jacinto, Maria Monteiro, Maria Moreira da Cruz, Maria Rola Xavier e Piedade Manteigas.
Operação de luz e som Bruno Tapadas
Cartaz, convites e folhetos Bruno Esteves
Fotografia Alexandre Fernandes, Rui Afonso
Produção executiva Rui Pinheiro
Produção Ajidanha

A dramaturgia, foi realizada durante o processo de ensaios, mediante o contributo dos elementos do elenco e na consulta do livro “Etnografia de Toulões – Usos e Costumes de uma Aldeia da Beira Baixa - Concelho de Idanha-a-Nova“, de Manuel Antunes Marques.

 

TóLôNJS, em Santa Cruz da Trapa

No próximo dia 18 de janeiro, domingo, pelas 16 horas, a ajidanha apresenta o espectáculo “TóLôNJS”, uma peça de teatro sobre Toulões, com gentes dos Toulões, no Centro Cultural Casa do Povo, Santa Cruz da Trapa.

Sinopse

Tólônjs, rebusca histórias, tradições e vivências da aldeia beirã dos Toulões.
A dramaturgia deste espectáculo, é construída mediante o contributo do elenco do espectáculo, constituído por Toulonenses, contributos esses, que nos transportam para a vivência de algumas das histórias desta típica aldeia beirã… as caganitas da velha Ginja, no correio da Zebreira vem uma missiva do Vaticano para o Ti João Castelhano, o sempre divertido Ti Nico na Tasca da Ti Magra, os lobos que circundam a aldeia e após muito procurar, encontramos finalmente o Ti Salgueiro.
Estas são algumas das dádivas que este espectáculo tem para oferecer.

Ficha Técnica

Dramaturgia Rui Pinheiro
Encenação Bruno Esteves e Rui Pinheiro.
Desenho de luz Bruno Esteves
Cenografia Rui Pinheiro
Apoio à cenografia Ana Rocha
Selecção musical Rui Pinheiro
Interpretação Elvira Moreira, Maria Hermínia Jacinto, Maria Monteiro, Maria Moreira da Cruz, Maria Rola Xavier e Piedade Manteigas.
Operação de luz e som Bruno Tapadas
Cartaz, convites e folhetos Bruno Esteves
Fotografia Alexandre Fernandes, Rui Afonso
Produção executiva Rui Pinheiro
Produção Ajidanha

A dramaturgia, foi realizada durante o processo de ensaios, mediante o contributo dos elementos do elenco e na consulta do livro “Etnografia de Toulões – Usos e Costumes de uma Aldeia da Beira Baixa - Concelho de Idanha-a-Nova“, de Manuel Antunes Marques.

19 de Novembro de 2014

 

TóLôNJS - alteração de datas

No próximo dia 18 de janeiro de 2015, domingo, pelas 16 horas, a ajidanha apresentará em Santa Cruz da Trapa o espectáculo de teatro "TóLôNJS". 
Esta data foi alterada a pedido da entidade organizadora.

Para este espectáculo, foi igualmente adiada a data do espectáculo para Póvoa de Santa Iria, para uma data posterior a combinar entre as duas entidades.

17 de Novembro de 2014

 

decoração da carrinha

Concluiu-se a fixação dos novos autocolantes da viatura da ajidanha. Esta nova decoração, foi possível, graças ao apoio do Intermarche de Idanha-a-Nova. Esta empresa, tem apoiado a actividade da ajidanha. O nosso sincero agradecimento ao seu gerente Sr. Jorge Rafael.



 

À deriva, em Alpedrinha

No próximo dia 05 de dezembro de 2014, pelas 21h30m, a ajidanha apresenta no Teatro Clube de Alpedrinha, o espectáculo "À deriva".

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao espaço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

 
in jornal "Reconquista", do dia 13 de novembro de 2014

in Jornal do Fundão do dia 13 de novembro de 2014


14 de Novembro de 2014

 

Espectáculo de Santa Cruz da Trapa adiado

O espectáculo TóLôNJS, previsto para este domingo dia 16 de novembro de 2014, para Santa Cruz da Trapa, foi adiado por motivos alheios à ajidanha. tentar-se-á encontrar uma data para janeiro de 2016, para a realização deste espectáculo.

12 de Novembro de 2014

 


10 de Novembro de 2014

 

Liga de snooker - calendário e jogos em falta

Calendário dos 57 jogos em falta, para a Liga de Snooker (individual) da ajidanha. Os jogos deverão respeitar estas datas e horários, salvo outro acordo entre as duas equipas envolvidas. Os jogos que por acordo não se realizem, devem ser em regra, resolvidos no sábado imedaiatamente a seguir. Se alguma equipa pretende desistir, deverá informar o quanto antes, para facilitar a organização desta liga. Bons jogos.


 

Liga de snooker por equipas - calendário de jogos em falta

Calendário dos 67 jogos em falta, para a Liga de Snooker (por equipas) da ajidanha. Os jogos deverão respeitar estas datas e horários, salvo outro acordo entre as duas equipas envolvidas. Os jogos que por acordo não se realizem, devem ser em regra, resolvidos no sábado imediatamente a seguir. Se alguma equipa pretende desistir, deverá informar o quanto antes, para facilitar a organização desta liga. Bons jogos.
 


 

"À deriva", em Monfortinho

No próximo dia 17 de dezembro de 2014, pelas 20 horas, a ajidanha apresenta no Salão do Bodo de Monfortinho, o espectáculo "À deriva".

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao es...paço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

 

"À deriva", em Segura


No próximo dia 10 de dezembro de 2014, pelas 20 horas, a ajidanha apresenta no salão da Associação DCR Segurense, em  Segura, o espectáculo "À deriva".

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao es...paço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

8 de Novembro de 2014

 

gestão de sócios

A pedido da mesma, saiu a sócia n.º 122, Ana Filipa Farias Catana, sócia n.º 122. Entrou para a listagem de associados da associação, Rita Catarina Reis Pereira (n.º 226).


6 de Novembro de 2014

 

Protocolo com Parcela Violeta

 A ajidanha celebrou um protocolo com a Parcela Violeta, que permite aos seus associados usufruírem de descontos naquele Centro Clínico.


5 de Novembro de 2014

 

À deriva, em Oledo

No dia 5 de novembro de 2014, pelas 21 horas, a ajidanha apresentou o espectáculo de teatro "À deriva" na Casa do Povo de Oledo.



 
in jornal "Reconquista", do dia 4 de novembro de 2014
 
in Culturache
 
In jornal "Gazeta do Interior" do dia 5 de novembro de 2014.


 
A ajidanha entregou a sua inscrição para o 1.º Concurso de Árvores de Natal Criativas, que decorrerá de 8 de dezembro a 6 de janeiro de 2015.

3 de Novembro de 2014

 


31 de Outubro de 2014

 

cedência de material

A ajidanha cedeu à ALZINE, um amplificador de PA e 2 Led's para um evento que se realizará no dia 1 de Novembro, no largo de Santo António, de Alcains.

30 de Outubro de 2014

 

cedência de material

Foram cedidos dois tripés para colunas de som, para o bar Le Charlot, para a festa de Halloween que se vai realizar sexta-feira, dia 31 de outubro de 2014.



 

Diário dos Infiéis




No dia 21 de novembro de 2014, pelas 21h30m, no estúdio teatro ajidanha, a companhia ASTA da Covilhã, apresenta no espaço da ajidanha, o espectáculo de teatro "O diário dos infiéis", a partir da obra homónima de João Morgado, com encenação de Marco Ferreira, interpretação de Graça Faustino, Maria do Carmo Teixeira e Sério Novo.





29 de Outubro de 2014

 



28 de Outubro de 2014

 


 

"À Deriva", em Oledo

No próximo dia 05 de Novembro de 2014, pelas 21 horas, a ajidanha apresenta no Salão da Casa do Povo de Oledo, o espectáculo "À deriva".

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao espaço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

27 de Outubro de 2014

 

Balanço do TeatrAmador2014

O festival TeatrAmador2014, que decorreu no mês de Outubro de 2014, contou este ano, com a descentralização dos seus espectáculos, pelos diversos espaços culturais do Concelho de Idanha-a-Nova.
Após o nosso convite, Aldeia de Santa Margarida, São Miguel D’ Acha e Toulões aderiram ao nosso desafio, aceitando um espectáculo deste festival. Idanha-a-Velha mais uma vez esteve presente, no âmbito do Casqueiro2014 (graças às boas relações entre a ajidanha e a Lafiv). Em Idanha-a-Nova, houve ainda lugar para o auditório do Centro Cultural Raiano e o Fórum Cultural. Tendo, os restantes espectáculos, decorrido no estúdio teatro da ajidanha, também este com uma imagem melhorada, sequência das diversas intervenções naquele espaço durante o presente ano.
Esta descentralização, permitiu que as expectativas de uma excelente adesão do público fossem concretizadas. O público respondeu da melhor forma, com salas “bem compostas”, durante os diversos espectáculos do nosso festival. Esta situação, pode até ser confirmada por um dos espectáculos com casa cheia, que nem a chuva dissuadiu a presença do público.
Por outro lado, estamos certos de que as juntas de freguesia que nos receberam e connosco quiseram trabalhar, vão querer repetir a experiência e mais entidades o quererão fazer no futuro.

O início do festival, com a aposta nos fados e a continuação do teatro infantil no domingo, prova o sucesso desta escolha e fortalece os laços de cooperação entre a ajidanha e a LAFIV.

A sua programação tentou corresponder ao público que nos recebeu e o resultado foi de facto, bastante positivo, verificando-se a satisfação por parte dos organizadores, dos grupos participantes e do público que assistiu aos espectáculos.
Para tal, foi necessária uma grande equipa por parte da ajidanha, com empenho, para corresponder a toda a logística necessária. Uma equipa capaz de bem receber grupos oriundos do Continente, Ilhas e Espanha. Estamos extremamente orgulhosos, pois foi unânime a manifestação de todos os grupos que nos visitaram, referindo que se sentiam em casa, tal foi a satisfação no acolhimento que receberam. Isto, é-nos bastante gratificante e motivo de um grande reconhecimento, motivo de orgulho.

Orgulhámo-nos igualmente, em mostrar a nossa região, nomeadamente Idanha-a-Nova, Monsanto, Penha Garcia, Idanha-a-Velha e a barragem (não sendo possível mostrar mais, uma vez que o tempo não o permitia). E assim, com a organização destes passeios, quem nos visitou leva uma imagem simpática da nossa região. 

O nosso estúdio de teatro melhorado, também foi alvo de admiração e elogios por quem nos visitou, quer pelos elementos dos grupos de teatro participantes, quer pelo público dos espectáculos.

Nesta edição, a ajidanha reforça relações com os grupos que já conhecia (Asta, da Covilhã; Cale Estúdio Teatro, de Canidelo – Vila Nova de Gaia; Chão de Oliva, de Sintra; Semente, da Ilha Graciosa – Açores; TAP, de Pombal; e Ulitimacto, de Cem Soldos - Tomar) e conhece novos amigos (Grupo Teatro de Machico - Ilha da Madeira e grupo de teatro Jubileo de Collado – Jaraíz de la Vera, Espanha).
Com os momentos de confraternização proporcionados pelo festival TeatrAmador2014, a partilha de ideias foi inevitável, com a troca de experiências e realidades de cada grupo. De salientar ainda, os excelentes momentos de bom e saudável convívio, onde até foi possível a realização de um espectáculo de stand up comedy, para os grupos de teatro presentes.

         O final desta edição, termina com o espectáculo “TóLôNJS”, uma produção da ajidanha e com “a cereja no topo do bolo”, a apresentação do DVD deste espectáculo.

Para terminar, queremos agradecer a todos os sócios que contribuíram para o êxito na organização deste festival, a todos os elementos dos grupos participantes, aos nossos apoios: Município de Idanha-a-Nova, União de Freguesia de Alcafozes e Idanha-a-Nova, Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida, Junta de Freguesia de Toulões, Centro de Dia da Freguesia de Toulões, Junta de Freguesia de São Miguel D’ Acha, Liga dos Amigos da Freguesia de Idanha-a-Velha, Intermarché de Idanha-a-Nova, Pousada de Juventude de Idanha-a-Nova, Diário Digital de Castelo Branco, à imprensa regional, a todos os amigos da ajidanha que de uma forma directa ou indirecta contribuíram para  êxito desta edição e por fim, ao público desta edição que foi deveras fantástico.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?