30 de julho de 2015

 

"À deriva", no Brasil

Já estão confirmadas as cidades onde a ajidanha apresentará o espectáculo "À deriva" na sua digressão pelo Brasil, que decorrerá de 15 a 25 de Setembro de 2015.
Será elas: Pato Branco, Coronel Vivida, Mangueirinha, São Lourenço do Oeste, do Estado do Paraná e Iracemápolis, do Estado de São Paulo. 
Esta itinerância foi organizada pela Companhia Teatral Procênio, de Limeira - São Paulo, que nos irá receber.

29 de julho de 2015

 

GARGALHADAS 2015

No dia 28 de julho de 2015, foi realizada uma reunião com o Sr. António do Restaurante - Bar "O Espanhol" a fim de propor e organizar a actividade da ajidanha "Gargalhadas 2015". 
Esta noite de anedotas decorrerá naquele espaço comercial, no próximo dia 3 de outubro de 2015 e contará com a colaboração e orientação de Ana Rita Leitão, de Pombal.

Se sabes anedotas, não as guardes para ti, queremos rir contigo. 

Queremos que nos ponhas a rir à gargalhada...

No próximo dia 3 de outubro de 2015, no Restautante - Bar "O Espanhol" em Idanha-a-Nova decorrerá a primeira edição do GARGALHADAS.
Com a participação de Rita Leitão, de Pombal.
Uma noite divertida de anedotas, com prémios e muitas surpresas.

Aceitam-se inscrições de contadores de anedotas até ao dia 14 de setembro de 2015.



27 de julho de 2015

 

economia cívica

No dia 27 de julho às 11h00, teve lugar mais uma reunião da Comunidade para Economia Cívica de Idanha-a-Nova, na Escola Superior de Gestão, como habitualmente, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Validação do mapeamento dos Problemas, Necessidades e Desafios Societais Complexos e suas causas;
2. Estabelecimento das orientações relativas aos âmbitos e metas de Impacto Societal desejados pela Comunidade de Idanha-a-Nova para os próximos 5 anos;
3. Debate e validação da a Agenda de Inovação Societal e Mudança da Comunidade de Idanha-a-Nova;
4. Organização do Debate Público sobre a Agenda de Inovação Societal e Mudança a realizar a princípios de Setembro com a Cidadania de Idanha a Nova;
5. Participação da Comunidade de Idanha-a-Nova no Congresso da Rede de Comunidades para a Economia Cívica, a realizar a 19 de setembro (Gouveia).

A ajidanha esteve presente, como em todas as outras reuniões anteriores.

26 de julho de 2015

 

2.ª reunião PA 2015

No dia 26 de julho de 2015, foi realizada na barragem Marechal Carmona, a segunda reunião de acompanhamento
do Plano de Actividades da ajidanha 2015. 

Estiveram presentes nesta reunião, Bruno Esteves, Elisabete Gomes, Miguel José, Paulo Vaz, Pedro Grácio e Rui Pinheiro.

23 de julho de 2015

 

nova sócia

Ana Cristina Alfaro. F. Neto, é a nova associada da ajidanha, com o número 235.


22 de julho de 2015

 

in Diário Digital de Castelo Branco

16 de julho de 2015

 
in Jornal "Reconquista", do dia 16 de julho de 2015


9 de julho de 2015

 
in Jornal "Reconquista", do dia 09 de julho de 2015

8 de julho de 2015

 

estreia OPUS

Nos dias 10 e 11 de julho a ajidanha apresenta a sua nova peça "OPUS", no estúdio teatro da ajidanha.

SINOPSE

Aborrecido, num determinado momento da Minha eternidade, comecei a criação de todo o universo. 
A Minha obra era uma sublime representação do espaço, com o domínio marcado dos conceitos básicos da natureza. Com um traço delicado e inteligente, explora a efemeridade da vida. Mas como em todas as obras, há sempre um elemento imperfeito. 
Tudo o que sucedeu, foi por minha culpa ou por vossa néscia culpa?
Esta peça fala Dele, das suas dúvidas e angústias, na companhia de quem fez Dele, quem Ele é.

Ficha Técnica

Dramaturgia: criação a dez mãos * 
Encenação: José Carlos Garcia
Assistência de encenação: Ana Peres e Ramón de los Santos
Interpretação: Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Desenho de Luz: colectivo
Cenografia: António Nunes, Maria Helena Batista e Rui Varão.
Pirotecnia: Paulo Almeida
Costureira: Fátima Antunes
Calçado: foot zero
Design Gráfico: Paula Varandas
Fotografia, teasers e DVD: Ramón de los Santos
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

Agradecimentos:
Alexandre Fernandes, Andreia Oliveira, Artur Casanova, César Pinheiro, Elisa Bogalheiro, Fernanda Ramos, Paulo Vaz, Ricardo Gonçalves, Helena e João Jóia.

Apoios:
Município de Idanha-a-Nova;
União de Freguesias de Idanha-a-Nova e Alcafozes;
Foot Zero;
Pirotecnia Oleirense;
Diário Digital de Castelo Branco;
Intermarché de Idanha-a-Nova;

* texto da crítica de Gabriel e discurso final, de Ramón de los Santos


 

opus teaser # 7


5 de julho de 2015

 

lasmanos de dios teaser


3 de julho de 2015

 

in Diário Digital de Castelo Branco.

1 de julho de 2015

 

opus teaser # 5


 

contrato de estágio

Desde o dia 1 de julho de 2015, que iniciou foi celebrado um contrato de estágio entre a Ajidanha e Aurora Augusta Dias Morais. Este estágio terá a duração de um ano.

28 de junho de 2015

 

Opus teaser #4


25 de junho de 2015

 

Ensaio "TóLôNJS"

Decorreu um ensaio em Toulões, para preparação do espectáculo "TóLôNJS", a decorrer no próximo dia 28 de junho de 2015, nos Escalos de Cima.

.

24 de junho de 2015

 

OPUS teaser #3


23 de junho de 2015

 

aquisição de material

No âmbito da manutenção do material técnico da ajidanha, tornou-se necessário encomendar lâmpadas para projectores. Esta encomenda foi feita à Musikhaus Thomann.

22 de junho de 2015

 

Presépio Vivo em Oledo

No dia 22 de junho de 2015, pelas 17 horas, decorreu uma reunião na Casa do Povo de Oledo, com diversos elementos interessados em participar numa actividade a decorrer nos dias 19 e 20 de dezembro de 2015. Trata-se de um presépio vivo.
Rui Pinheiro da ajidanha, esteve presente para explicar em termos gerais, como poderá ser planificada esta iniciativa. Esteves igualmente presente o Sr. Joaquim Laranjo, Presidente da Junta daquela freguesia, que mostrou a sua disponibilidade, para apoiar em tudo o necessário.




 

OPUS teaser #2


 

aulas de dança - ballet

Hoje pelas 17h30m, irá decorrrer no estúdio teatro da ajidanha uma aula aberta de ballet. 
A ideia será começar já no dia 29 de junho de 2015, com uma turma para esta dança.
Esta iniciativa é da responsabilidade da associação Marafona Encantada.

18 de junho de 2015

 

opus teaser 1


15 de junho de 2015

 


12 de junho de 2015

 

mudança de sala da sede

Na próxima terça-feira, alguns sócios da ajidanha vão apoiar nas mudanças das instalações da sala da sede da associação, que vai passar do segundo para o terceiro andar, do edifício de Associações do Concelho de Idanha-a-Nova (antigo Torres Campos). Esta nova sala dispõe de casa de banho, cozinha e terraço.
 

TóLôNJS, nos Escalos de Cima

A ajidanha apresenta o espectáculo "TóLôNJS, uma peça sobre Toulões, com gentes de Toulões", nos Escalos de Cima, no próximo dia 28 de junho de 2015, domingo.

Sinopse

Tólônjs, rebusca histórias, tradições e vivências da
aldeia beirã dos Toulões. A dramaturgia deste espectáculo, é construída mediante o contributo do elenco do espectáculo, constituído por Toulonenses, contributos esses, que nos transportam para a vivência de algumas das histórias desta típica aldeia beirã… as caganitas da velha Ginja, no correio da Zebreira vem uma missiva do Vaticano para o Ti João Castelhano, o sempre divertido Ti Nico na Tasca da Ti Magra, os lobos que circundam a aldeia e após muito procurar, encontramos finalmente o Ti Salgueiro. Estas são algumas das dádivas que este espectáculo
tem para oferecer.

Ficha Técnica

Dramaturgia_Rui Pinheiro
Encenação_Bruno Esteves e Rui Pinheiro.
Desenho de luz_Bruno Esteves
Cenografia_Rui Pinheiro
Apoio à cenografia_Ana Rocha
Selecção musical_Rui Pinheiro
Interpretação_Elvira Moreira, Maria Hermínia Jacinto,
Maria Monteiro, Maria Moreira da Cruz, Maria Rola Xavier
e Piedade Manteigas.
Operação de luz e som_Bruno Tapadas
Cartaz, convites e folhetos_Bruno Esteves
Fotografia_Alexandre Fernandes, Rui Afonso
Produção executiva_Rui Pinheiro
Produção_Ajidanha

O projecto

Quando foi proposto à ajidanha um projecto de teatro
por alguns habitantes da aldeia de Toulões, nada nos fazia prever qual seria o resultado final. No entanto, o desafio foi de imediato aceite. Numa aldeia onde aparentemente não existiriam um rol de registos significativos… surge-nos uma vasta quantidade de histórias com as quais trabalhar. No entanto, durante o decurso do projecto foram sempre que possível, utilizados os contributos dos elementos que nele participavam em detrimento dos registos bibliográficos existentes sobre esta aldeia beirã, uma vez que, a riqueza dos mesmos a isso obrigava. A responsabilidade e momentos de pura diversão
fizeram igualmente parte deste processo, numa simbiose quase perfeita entre ambas as partes, não criando a diferença de gerações existente entre os actores e os orientadores técnicos qualquer obstáculo, bem pelo contrário, e se nós ensinamos a nossa forma humilde de fazer teatro, fomos retribuídos com a riqueza das histórias que o elenco muito generosamente partilhou. Fica o orgulho de termos feito parte deste projecto tão gratificante!

A ajidanha

A AJIDANHA – Associação de Juventude de Idanha-a-Nova surgiu na sequência do então grupo de teatro GET-IN (Grupo Experimental de Idanha-a-Nova), que era composto por alunos da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais.
A AJIDANHA possibilita a participação alargada da
população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.

 

À Deriva, em Hornachos

No próximo dia 31 de outubro de 2015, em Hornachos (Espanha), a ajidanha apresenta o espectáculo “À deriva”.

À Deriva, é o espectáculo que a ajidanha tem actualmente em itinerância, tendo o mesmo estreado no dia 25 de maio de 2013, no estúdio da ajidanha, na Junta de Freguesia de Idanha-a-Nova.

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao espaço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

Encenação: José Carlos Garcia e Nádia Santos;
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro.

(> 12 anos)
Contactos: 938983960 ou ajidanha@gmail.com

9 de junho de 2015

 

Comunidade para a Economia Cívica de Idanha-a-Nova

No dia 09 de junho de 2015, pelas 11 horas, na escola superior de Gestão de Idanha-a-Nova, decorreu a segunda reunião com a Comunidade para a Economia Cívica de Idanha-a-Nova.

8 de junho de 2015

 

Reunião com A Casa dos Dias Felizes

A ajidanha esteve reunida com a associação A Casa dos Dias Felizes. Esta reunião, teve como principal objectivo, o de encontrar formas de criar sinergias entre as duas associações, para um melhor funcionamento de ambas as estruturas.
 

Candidatura iTi

A ajidanha submeteu uma candidatura à DGARTES, para a segunda edição do iTi - improviso teatral ibérico, a realizar no ano de 206 em Cáceres, Espanha, em cooperação com a companhia De La Burla teatro daquela cidade espanhola.
 

cedência de material técnico

A ajidanha cedeu três leds, para a associação ALZINE que vai realizar a apresentação da programação do festival Festins.
 

"À deriva", em Porto de Mós

A ajidanha apresentou o espectáculo de teatro "À Deriva" em Porto de Mós. Este espectáculo foi realizado no âmbito do festival TEATREMOS sendo o primeiro espectáculo deste evento.


 

novo estágio

Foi aprovado o pedido de estágio da Ajidanha. 
Assim sendo, a ajidanha procedeu ao envio dos documentos solicitados pelo Centro de Emprego e Formação Profissional de Castelo Branco.

3 de junho de 2015

 


2 de junho de 2015

 

À Deriva, em Porto de Mós

No próximo dia 05 de junho de 2015, no Festival de Teatro de Porto de Mós, a ajidanha apresenta o espectáculo “À deriva”.

À Deriva, é o espectáculo que a ajidanha tem actualmente em itinerância, tendo o mesmo estreado no dia 25 de maio de 2013, no estúdio da ajidanha, na Junta de Freguesia de Idanha-a-Nova.

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao espaço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para o III Encuentro Internacional de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

Encenação: José Carlos Garcia e Nádia Santos;
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro.

(> 12 anos)
Contactos: 938983960 ou ajidanha@gmail.com


1 de junho de 2015

 

Formação de esponja em Monsanto


A Ajidanha realizou no passado dia 1 de Junho mais um workshop de esponja na Escola Básica de Monsanto em pareceria com a União de Freguesias de Monsanto e Idanha-a-Velha.
O workshop teve o intuito de assinalar o Dia Mundial da Criança e serviu para as crianças da escola da freguesia de Monsanto participarem numa atividade diferente, brincando a aprender e a construir.

Foram elaborados chapéus de princesa e varinhas mágicas para as meninas e chapéus e espadas de guerreiros para os meninos. Estas peças além de servirem para as crianças brincarem, poderão ainda servir, segundo a Professora Carla Miguel, para futuramente, poderem usar em alguma construção teatral alusiva à época medieval inerente aquela aldeia.


As crianças demostraram bastante curiosidade na elaboração das peças e criatividade, uma vez que à medida que iam construindo, brincavam com as mesmas criando até outras formas.


 

Certificados de formação

Foram hoje entregues à Presidente da Junta de Freguesia de Aldeia de Santa Margarida, os certificados das formandas presentes nas formações "Animais e Flores em Esponja" dos cursos realizados naquela freguesia.

30 de maio de 2015

 

El pasado viernes, 29 de mayo, en el teatro de la Casa de la Cultura de Puebla de la Calzada, el grupo ajidanha puso en escena la obra: "Á deriva". Un trabajo excelente, con unas interpretaciones maravillosas y una muy acertada puesta en escena. El público salió encantado con el trabajo de este grupo portugués.
Teodoro Gracia Jimenez (Consejal de Cultura de Puebla de la Calzada)





29 de maio de 2015

 
Esta noche hemos disfrutado con "A Deriva", un fantástico espectáculo de Associação De Juventude Ajidanha
Tres estupendos actores, entre ellos Rui Pinheiro, y un texto muy rico para degustar (casi tan apetitoso como el almuerzo que esperaban ansiosos sus protagonistas)
Parabens.


                                                                                                     José Antonio Teodoro Leva





 

Ajidanha com amigos de Espanha, em Puebla

Na sexta-feira, a ajidanha teve a agradável companhia de alguns amigos de Espanha, em Puebla de la Calzada, aquando a actuação de "À deriva".

27 de maio de 2015

 

Reunião em Oledo

No dia 27 de maio de 2015, na Casa do Povo de Oledo, a ajidanha reuniu com o Presidente da Junta, Sr. Joaquim Laranjo e com algumas pessoas daquela freguesia, as quais estão interessadas em desenvolver um projecto com o apoio da nossa associação.
Para uma primeira fase, ficou agendada uma reunião para o próximo dia 22 de junho de 2015, com todas as pessoas intervenientes no projecto. 

Esta é mais uma freguesia interessada em receber um espectáculo do festival de teatro da ajidanha, a realizar em Outubro de 2015.

25 de maio de 2015

 

ensaios peça nova

Continuam a decorrer os ensaios para a nova produção da ajidanha, para a qual se prevê a sua estreia em julho de 2015.
 

À Deriva, em Puebla de la Calzada (Espanha)

No próximo dia 29 de maio de 2015, na Casa de Cultura de Puebla de Calzada, a ajidanha apresenta o espectáculo “À deriva”.

À Deriva, é o espectáculo que a ajidanha tem actualmente em itinerância, tendo o mesmo estreado no dia 25 de maio de 2013, no estúdio da ajidanha, na Junta de Freguesia de Idanha-a-Nova.

O projecto de teatro “À Deriva” consiste numa adaptação livre do texto teatral “Em Alto Mar” de Slawomir Mrozek, a partir do qual se pretende criar uma dramaturgia própria, uma linguagem cómica e visual, capaz de dialogar com a profunda crise de valores (sociais e institucionais) em que o país, e o mundo, estão mergulhados. “À Deriva” conta-nos a história de dois homens e uma mulher perdidos em alto mar, após o que se julga ter sido uma catástrofe natural. O enredo da peça gira em torno da maneira como estes três náufragos, circunscritos ao espaço de uma balsa (jangada) e ao mesmo tempo rodeados pela imensidão do mar, enfrentam o problema da fome. As três personagens principais, Gordo, Médio e Magro, uma vez que os mantimentos acabaram, fazem tentativas de campanhas eleitorais, alianças, investidas políticas, apelo ao auto-sacrifício, numa série de pequenos e significativos eventos para justificar uma escolha fundamental: quem deverá ser comido em prol da sobrevivência. Um espectáculo caracterizado pelo nonsense, pela comédia visual e física, e pela sátira implícita do sistema social e político que muitas vezes se revela absurdo e profundamente injusto.

Elenco técnico e artístico

Encenação e dramaturgia: José Carlos Garcia e Nádia Santos
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro
Cenário e figurinos: Criação colectiva
Desenho de Luz: Bruno Esteves e José Carlos Garcia
Operação de Luz e Som: Bruno Tapadas
Produção Executiva: Rui Pinheiro
Produção: Ajidanha

“À Deriva”, estreou a 25 de maio de 2013, no Estúdio Teatro da ajidanha, em Idanha-a-Nova.

PÚBLICO-ALVO: Geral

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: M/12

DURAÇÃO: 50 minutos

No dia 22 de Março de 2014, na cerimónia de encerramento do festival Cale Se 8, dos oito prémios a concurso, o espectáculo “À Deriva” da ajidanha, foi nomeado para seis, tendo recebido os prémios: Melhor Sonoplastia, Melhor Cenografia, Melhor Encenação e Melhor Espectáculo. Houve ainda uma referência pela boa prestação de Rui Pinheiro (personagem “Gordo”);

No dia 22 de julho de 2014, no 2.º Festival Ibero Americano de Teatro “Ciudad de Trujillo” Espanha, recebeu o prémio de melhor actor secundário (Bruno Esteves) e o 2.º prémio para Melhor Espectáculo, no valor de 1.500,00 €;

Este espectáculo foi seleccionado para os III e IV Encuentros Internacionais de Teatro Joven de Mairena del Alcor (Sevilla – España).

A Ajidanha — Associação de Juventude de
Idanha-a-Nova, foi fundada em 1998, promove diversas actividades
culturais e workshops, no âmbito do teatro, da dança e das artes
plásticas. A AJIDANHA, cria-se com um âmbito não só ligado ao teatro, mas também alargado a outras actividades culturais. A associação foi criada por e para pessoas abertas a novidades culturais. A AJIDANHA possibilita a participação alargada da população nas manifestações culturais, bem como promover uma abertura entre várias gerações, cujos benefícios são muitos, para os mais e menos jovens.
A face da Ajidanha tem sido o grupo de teatro com cerca de duas dezenas de produções realizadas e apresentadas em vários festivais em Portugal e em Espanha.

Encenação: José Carlos Garcia e Nádia Santos;
Interpretação: Ana Grilo, Bruno Esteves e Rui Pinheiro.

(> 12 anos.)

http://vimeo.com/66178343
Contactos: 938983960 ou ajidanha@gmail.com

19 de maio de 2015

 

Comunidade Local para a Economia Cívica de Idanha-a-Nova

Na sequência da reunião que decorreu no passado dia 8 de Maio, onde algumas das entidades presentes manifestaram interesse em integrar a Comunidade Local para a Economia Cívica de Idanha-a-Nova, no dia 19 de maio de 2015, pelas 10h30m da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova, Andreia Oliveira representou a ajidanha para este projecto.
Nessa cerimónia foi assinado o protocolo para a constituiçãoda da comunidade para a economia cívica de Idanha-a-Nova, com a ajidanha e agendada nova reunião para o dia 26 de maio de 2015, no mesmo local.

Foi ainda apresentada a plataforma de trabalho para este projecto.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?